Portugal – Por que você deve conhecer o Alentejo

O Alentejo é um tesouro português esperando para ser descoberto. Essa região é muitas vezes referida como a ‘nova Toscana’. Com sua paisagem rural, é composta de oliveiras, sobreiros, vinhas e campos de trigo. Parece um pouco com a Toscana, não é?

Grande parte da população alentejana vive da agricultura. O cenário natural não é invadido por turistas (ainda bem!). Nós imediatamente nos apaixonamos pelo seu modo de vida simples e tranquilo.

Como não é uma região turística, o objetivo de conhecer o Alentejo é desacelerar e aproveitar a natureza. E foi exatamente isso que nós fizemos!

Foi pensando nisso que resolvemos elaborar uma lista com tudo o que você precisa saber para planejar a sua viagem ao Alentejo!

Onde fica o Alentejo

Comecemos por localizar onde fica o Alentejo. Esta área se estende por um terço do centro e sul de Portugal entre as regiões do Algarve e Lisboa. Aquela que é a maior região de Portugal fica a sudeste do rio Tejo, limitada a leste pela fronteira espanhola e a sudoeste pelo Oceano Atlântico.

Melhores lugares para visitar no Alentejo

Arraiolos

Arraiolos é uma vila famosa pelos seus tapetes de tapeçaria. Estes tapetes datam do século 16 e receberam forte influência dos tapetes persas e turcos.

No centro da vila, você vai encontrar muitas lojas e um museu dedicado a esta arte. Esta é uma cidade tradicional, cheia de prédios caiados de branco com detalhes em amarelo ou azul.

Castelo de Arraiolos

Pairando sobre esta pequena vila autêntica está o Castelo de Arraiolos ou Paço dos Alcaides. Este castelo romano-gótico foi construído no século 14 e, dentro das muralhas, você encontrará uma igreja do século 16, a Igreja do Salvador.

Beja

Beja, a principal cidade do Baixo Alentejo, oferece aos visitantes muitos locais históricos interessantes e impressionantes para explorar. Um incrível castelo no topo de uma colina com vista para o mar e campos de trigo já vale uma visita.

Visite Beja em um sábado, pois é dia de mercado, e a cidade está repleta de atividades. Uma praça encantadora, com uma bonita arquitetura e excelentes lojas fazem desta uma cidade a acrescentar à sua visita ao Alentejo.

Elvas

Elvas é uma cidade fortemente influenciada pela Espanha devido à sua proximidade com a fronteira. Para se proteger das invasões ao longo dos séculos, uma série de fortificações foram construídas para proteger a cidade. Um castelo e duas fortalezas são as melhores coisas para ver nesta cidade alentejana.

Praça de calçada portuguesa com casas caiadas de branco no Alentejo
Uma casa alentejana, com certeza

Estremoz

Estremoz é uma das ‘cidades brancas’ do Alentejo, que se reconhece à distância pela cor de suas casas e edifícios. O mármore de Estremoz é mundialmente conhecido. As pedreiras onde é efetuada a sua extração marcam fortemente a paisagem do lugar,

Utilizado desde a época do Império Romanos, o uso do mármore atingiu o seu apogeu em Estremoz no período barroco, fazendo parte da construção de monumentos religiosos, estátuas, fontes, palacetes e outros edifícios

Internacionalmente conhecido pela sua qualidade, o mármore branco de Estremoz é exportado para diversos países, em especial o Marrocos e os países do Oriente Médio.

A visita a uma oficina de cantaria ou a uma pedreira em atividade é um programa muito procurado por aqueles que visitam Estremoz.

Évora

Évora, a capital da região do Alentejo, é um dos melhores lugares para se visitar no Alentejo português. Esta linda cidade histórica é Patrimônio Mundial da Unesco devido ao seu centro histórico bem preservado e a tantos monumentos importantes.

A vida pacata no centro de Évora, no coração do Alentejo

Algumas dicas do que fazer em Évora:

Visitar o Templo de Diana, o mais pujante exemplo da presença romana na Península Ibérica

Conhecer a Capela dos Ossos, a atração mais sinistra de Portugal

Aqueduto da Água de Prata, do século 16

As igrejas de São Francisco, Santo Antão, Graça

Interior da igreja de S. Francisco

Veja também: 15 atrações imperdíveis em Évora

Marvão

A pequena aldeia de Marvão, no topo de uma colina, oferece uma vista deslumbrante sobre a Serra de São Mamede e a paisagem circundante. É um lugar que vale a pena conhecer! Como está se tornando aos poucos um ponto turístico, visite o mais rápido possível antes que esse tesouro seja revelado ao mundo.

Monsaraz

Você vai se apaixonar por Monsaraz. A cidade é um belo cartão postal, uma vila medieval cheia de charme, com suas ruelas de casas caiadas de branco, com suas calçadas de pedra, com o azul da barragem do Alqueva como pano de fundo.

Em 2017, a cidade foi uma das grandes vencedoras do concurso 7 Maravilhas de Portugal – Aldeias. Essa aldeia que parece suspensa no tempo é dos lugares obrigatórios para conhecer se está pretendendo visitar o Alentejo.

Castelo de Monsaraz

Moura

A cidade fortificada de Moura abriga muitos locais históricos e marcos culturais, como um antigo castelo agora em ruínas, e belas igrejas antigas e prédios cheios de charme. Muitos cafés e restaurantes aconchegantes estão escondidos no bairro mourisco, a chamada mouraria, tornando este um lugar agradável para passar algumas horas.

Conheça a costa alentejana

O Algarve chama a atenção por oferecer as melhores praias de Portugal. No entanto, o Alentejo tem muitas praias memoráveis.

Na zona de Grândola, os destaques são:

A praia de Troia Galé é perfeita com suas águas calmas e fica perto do Parque Natural da Serra da Arrábida

Localizada a apenas 1h30 de Lisboa, nos limites da Reserva Natural do Estuário do Sado, a praia da Comporta é extremamente preservada, com areias branca e um cristalino mar azul.

É uma das praias turísticas de Setúbal, com muitos serviços na praia, bons restaurantes e cafés e um ativo comércio local. Um verdadeiro Caribe na Europa que o jornal espanhol La Vanguardia classificou como a “praia mais chique da Europa”.

A Praia do Carvalhal é popular entre os surfistas e praticantes de kitesurf.

A Praia de Melides é conhecida como a maior praia de Portugal e oferece muitas comodidades e atividades aquáticas (parapente, surf)

Vá até Sines para conhecer estas duas praias:

Além de ser a praia portuguesa com as águas mais quentes, a Praia de São Torpes é conhecida como a melhor praia para surfar no Alentejo.

A Praia da Samoqueira é a melhor praia isolada do Alentejo

Na zona de Odemira, visite estas praias de eleição:

A Praia da Zambujeira do Mar é conhecida como a praia mais pitoresca com as suas falésias altas

A Praia das Furnas é melhor pela sua localização deslumbrante, combinando uma visita à cidade costeira de Vila Nova de Milfontes e à Costa Vicentina, no Algarve.

Visite os Parques Naturais do Alentejo

Praia do Banho, Porto Covo

O Parque Natural do Sudoeste Alentejano e Costa Vicentina é conhecido como o trecho mais bem preservado da costa europeia, ao longo de mais de 100 km, desde Porto Covo no Alentejo até Burgau no Algarve.

A paisagem é marcada por falésias escarpadas que dominam longos areais. Para os entusiastas da natureza, é possível a avistar pássaros raros e vida marinha que não serão encontrados em nenhum outro lugar.

Desfrute do Vinho Alentejano

O Alentejo é conhecido pela sua região vinícola. Esta região quente e seca é altamente respeitada por seu vinho tinto. O tour de vinhos mais popular encontra-se em Évora, na Adega Cartuxa. É um excelente local para desfrutar alguns dos melhores vinhos alentejanos e produtos regionais.

Para os amantes da arquitetura, uma visita à Adega Mayor é obrigatória. O arquiteto português Siza Vieira criou um moderno edifício horizontal caiado de branco para albergar os premiados vinhos.

Adega Mayor, em Campo Maior

Não deixe de visitar a Herdade do Esporão, uma das mais antigas adegas do Alentejo. Acrescente este passeio ao seu roteiro quando visitar a pequena cidade de Monsaraz.

Veja também: Tavira, a joia escondida do Algarve

Veja também: Por que a Madeira é o segredo mais bem guardado de Portugal

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *